sexta-feira, 30 de julho de 2010

Trapezista


Photobucket

Querida, eu juro que não era eu. Que coisa ridícula! Se você estivesse aqui - Alô?
Alô? - olha, se você estivesse aqui ia ver a minha cara, inocente como o Diabo. O quê?
Mas como, ironia? "Como o Diabo" é força de expressão, que diabo. Você acha que eu ia brincar numa hora desta? Alô! Eu juro, pelo que há de mais sagrado, pelo túmulo de minha mãe, pela nossa conta no banco, pela cabeça dos nossos filhos que não era eu naquela foto de carnaval no Cascalho que saiu na Folha da Manhã. O quê? Alô! Alô!
Como é que eu sei qual é a foto? Mas você não acaba de dizer... Ah, você não chegou a dizer... ah, você não chegou a dizer qual era o jornal. Bom, bem. Você não vai acreditar, mas acontece que eu também vi a foto.
- Não desliga!
Eu também vi a foto e tive a mesma reação. Que sujeito parecido comigo, pensei. Podia ser gêmeo. Agora, querida, nunca, em nenhum momento, está ouvindo? Em nenhum momento me passou pela cabeça a idéia de que você fosse pensar - querida, eu estou até começando a achar graça -, que você fosse pensar que aquele era eu. Por amor de Deus. Pra começo de conversa você pode me imaginar de pareô vermelho e colar havaiano, pulando no Cascalho com uma bandida em cada braço? Não, faça-me o favor. E a cara das bandidas! Francamente, já que você não confia na minha fidelidade, que confiasse no meu bom gosto, poxa! O quê? Querida, eu não disse "pareô vermelho". Tenho a mais absoluta, a mais tranqüila, a mais inabalável certeza que eu disse apenas "pareô". Como é que eu podia saber que era vermelho se a fotografia não era em cores, certo? Alô? Alô? Não desliga! Não... Olha, se você desligar está tudo acabado. Tudo acabado. Você não precisa nem voltar da praia.
Fica aí com as crianças e funda uma colônia de pescadores. Não, estou falando sério.
Perdi a paciência. Afinal, se você não confia em mim não adianta nada a gente continuar.
Um casamento deve se... se... como é mesmo a palavra?... se alicerçar na confiança mútua. O casamento é como um número de trapézio, um precisa confiar no outro até de olhos fechados. É isso mesmo. E sabe de outra coisa? Eu não precisava ficar na cidade durante o carnaval. Foi tudo mentira. Eu não tinha trabalho acumulado no escritório coisíssima nenhuma. Eu fiquei sabe para quê? Para testar você. Ficar na cidade foi como dar um salto mortal, sem rede, só para saber se você me pegaria no ar. Um teste do nosso amor. E você falhou. Você me decepcionou. Não vou nem gritar por socorro. Não, não me interrompa. Desculpas não adiantam mais. O próximo som que você ouvir será do meu corpo se estatelando, com o baque surdo da desilusão, no duro chão da realidade.
Alô?
Eu disse que o próximo som... que... O quê? Você não estava ouvindo nada? Qual foi a última coisa que você ouviu, coração? Pois sim, eu não falei – tenho certeza absoluta que não falei - em "pareô vermelho". Sei lá que cor era o pareô daquele cretino na foto. Você precisa acreditar em mim, querida. O casamento é como um número de... Sim. Não. Claro. Como? Não. Certo. Quando você voltar pode perguntar para o...
Você quer que eu jure? De novo? Pois eu juro. Passei sábado, domingo, segunda e terça no escritório. Não vi carnaval nem pela janela. Só vim em casa tomar um banho e comer um sanduíche e vou logo voltar para lá.
Como?
Você telefonou para o escritório. Meu bem, é claro que a telefonista não estava trabalhando, não é, bem.
Ha, ha, você é demais.
Olha, querida? Alô? Sábado eu estou aí. Beijo nas crianças. Socorro. Eu disse, um beijo.
O texto é do livro "AS MENTIRAS QUE OS HOMENS CONTAM" de Luís Fernando Veríssimo.
Photobucket

domingo, 25 de julho de 2010

Almas Que Se Encontram

Photobucket


Dizem que para o amor chegar não há dia, não há hora nem momento marcado para acontecer. Ele vem de repente e se instala no mais sensível dos nossos órgãos, o coração. Começo a acreditar que sim. Mas percebo também que pelo fato deste momento não ser determinado pelas pessoas, quando chega,
quase sempre os sintomas são arrebatadores. Vira tudo às avessas e a bagunça feliz se faz instalada.

Quando duas almas se encontram o que realça primeiro não é a aparência física, mas a semelhança d’almas. Elas se compreendem e sentem falta uma da outra. Se entristecem por não terem se encontrado antes, afinal tudo poderia ser tão diferente. No entanto sabem que o caminho é este e que não
haverá retorno para as suas pretensões.

É como se elas falassem além das palavras, entendessem a tristeza do outro, a alegria, o desejo, mesmo estando em lugares diferentes. Quando almas afins se entrelaçam passam a sentir saudade uma da outra num processo contínuo
de reaproximação até a consumação.

Almas que se encontram podem sofrer bastante também, pois muitas vezes tais encontros acontecem em momentos onde não mais podem extravasar toda a plenitude do amor que carregam, toda a alegria de amar e querer compartilhar a vida com o outro, toda a emoção contida à espera do encontro fatal.

Desejam coisas que se tornam quase impossíveis, mas que são tão simples de viver. Como ver o pôr-do-sol, caminhar por uma estrada com lindas árvores,ver a noite chegar, ir ao cinema e comer pipocas, rir e brincar, brigar às vezes, mas fazer as pazes com um jeitinho muito especial. Amar e amar,
muitas vezes sabendo que logo depois poderão estar juntas de novo sem que a despedida se faça presente.

Porém muitas vezes elas se encontram em um tempo e em um espaço diferentes do que suas realidades possam permitir. Mas depois que se encontram ficam marcadas, tatuadas e ainda que nunca venham a caminhar para sempre juntas, elas jamais conseguirão se separar. E o mais importante: terão de se
encontrar em algum lugar. Almas que se encontram jamais se sentirão sozinhas porquanto entenderão, por si só, a infinita necessidade que têm uma da outra para toda a eternidade.
Paulo Fontes.
Texto Sugerido Por Cibele.

Photobucket

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Coisas Verdadeiramente Boas...

Photobucket


Coisas simples, quase imperceptíveis, é o que realmente mudam nossa vida em fração de segundos. O segredo é conseguir enxergar o que parece tão óbvio. Por isso é preciso amar e valorizar as coisas simples da vida. Ah, e como eu amo...

O nascer do sol, a chuva, uma conversa sem pressa, um sorriso, um beijo, os olhos que brilham, o telefone que toca pra você correr e atender aquela pessoa tão esperada, o aconchego de um abraço apertado, tomar banho na chuva de verão, andar de pés descalços, cantar junto com a música, dividir apenas um travesseiro, comer morangos com creme de leite e açúcar.

Receber um "eu te amo" inesperado e dizê-lo a quem se ama também, se emocionar com um filme, receber amigos em casa, rir até sentir o rosto doer, pedir desculpas, dançar e dançar, comer pizza na sexta, ficar de bobeira, saber que faz bem a alguém, desenhar mesmo sem ser desenhista, ler, cozinhar e saber que alguém gostou da sua comida.

Olhar a lua no céu todos os dias, contar estrelas, folhear um álbum e reviver emoções, sentir o cheiro da flor, fazer a foto perfeita, rir com a gargalhada de uma criança, apreciar um dia chuvoso tanto como um dia de sol e encontrar nele tantos motivos pra se divertir também.

Comer pipoca embaixo do edredom vendo televisão, olhar o céu tentando adivinhar o que parece ser o formato das nuvens, se espreguiçar pra valer, sentir-se arrepiar, dormir na rede, sentir um frio na barriga descendo a ladeira e gritar, se surpreender com o vôo de uma borboleta, sentir o cheiro da terra molhada, receber uma ligação de alguém distante e retribuí-la num outro momento, cantar no chuveiro, fazer um brigadeiro.

Correr riscos, fazer serenata, comemorar uma data apenas caminhando na praia, mudar de caminho, tirar férias, comer uma fruta no pé, ser gentil, se apaixonar, ver o arco colorido no céu depois da chuva, ligar apenas para ouvir a voz e saber se está bem, escrever e receber cartas ou e-mail, um aperto de mãos, andar de mãos dadas, um bom dia, obrigado.

Dirigir numa bela estrada, escutar tocar no rádio aquela música preferida, fazer arte, ir no zoo ver os bichos, tomar sorvete até no inverno, brincar com a mão no vento pela janela do carro, tomar um banho e dormir na própria cama depois de um dia duro, chorar de alegria, rir de si mesmo, sair sem estar programado.

Fazer trilha, andar no meio de muito verde, ver a cidade iluminada de um lugar alto, reencontrar alguém especial, uma piscadinha de olho, um momento no parque, rir sem razão alguma, rir também por uma coisa boa que lembrou, fazer novos amigos, ficar ao lado dos velhos amigos, sonhar, ver alguém que se quer muito bem sorrir, saber o valor de poder levantar e ver a presença de Deus em tudo isso, suspirar...ai...ai...

Bom é poder ter oportunidade de entender como é precioso nosso tempo e valorizar coisas que não se podem mensurar, preservar e vivê-las. Essas coisas na verdade completam nosso ser, abrem nossa mente, clareiam nosso caminho, nos libertam a alma. As coisas mais simples, é que realmente nos fazem bem".
Luciana Martinez.
Photobucket

terça-feira, 20 de julho de 2010

Amizade




A amizade é um amor que nunca morre.
A amizade é uma virtude que muitos sabem que existe,
alguns descobrem, mas poucos reconhecem.
A amizade quando é sincera o esquecimento é impossível
A confiança, tal como a arte, não deriva de termos resposta para tudo, mas,
de estarmos abertos a todas as perguntas.
A dor alimenta a coragem. Você não pode ser corajoso se só aconteceram
coisas maravilhosas com você.
A esperança é um empréstimo pedido à felicidade.
A felicidade não é um prêmio, e sim uma conseqüência,
a solidão não é um castigo, e sim um resultado.
A felicidade não está no fim da jornada, e sim em cada curva do caminho que
percorremos para encontrá-la.
A gente tropeça sempre nas pedras pequenas, porque as grandes a gente logo enxerga.
A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delicia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você.
A infelicidade tem isto de bom: faz-nos conhecer os verdadeiros amigos.
A inteligência é o farol que nos guia, mas é a vontade que nos faz caminhar.
A maior fraqueza de uma pessoa é trocar aquilo que ela mais deseja na vida, por aquilo que ele deseja no momento.
A persistência é o caminho do êxito.
A pior solidão é aquela que se sente na companhia de outros.
A SOLIDÃO É UMA GOTA NO OCEANO QUE SÓ OLHA PARA SI MESMA... UMA GOTA QUE NÃO SABE QUE É OCEANO...
Amigos são a outra parte do oceano que a gota procura...
A tua única obrigação durante toda a tua existência
é seres verdadeiro para contigo próprio.
A verdadeira amizade deixa marcas positivas que o tempo jamais poderá apagar.
A verdadeira amizade é aquela que não pede nada em troca, a não ser a própria amiga.
A verdadeira generosidade é fazer alguma coisa de bom por alguém
que nunca vai descobrir.
A verdadeira liberdade é poder tudo sobre si.
Algumas pessoas acham-se cultas porque comparam sua ignorância com as dos outros.
Amigo de verdade é aquele que transforma um pequeno momento em um grande instante.
Amigo é a luz que não deixa a vida escurecer.
Amigo é aquele que conhece todos os seus segredos e mesmo assim gosta de você!
Amigo é aquele que nos faz sentir melhor e sobre tudo nos faz sentir amados...
Amigo é aquele que, a cada vez, nos faz entrever
a meta e que percorre conosco um trecho do caminho
Amigos são como flores cada um tem o seu encanto por isso cultive-os.
Amizade é como música: duas cordas afinadas no mesmo tom, vibram juntas...
Amizade, palavra que designa vários sentimentos, que não pode ser trocada por meras coisas materiais... Deve ser guardada e conservada no coração!!!
As pessoas entram em nossas vidas por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.
Celebrar a vida é somar amigos, experiências e conquistas,
dando-lhes sempre algum significado.
Diante de um obstáculo não cruzes os braços, pois o maior
homem do mundo morreu de braços abertos.
Elogie os amigos em público, critique em particular.
Errar é humano, perdoar é divino.
Evitar a felicidade com medo que ela acabe; é o melhor meio de ser infeliz.
Faça amizade com a bondade das pessoas, nunca com seus bens!
Felicidade é a certeza de que a nossa vida não está se passando inutilmente.
Érico Veríssimo.


Photobucket

domingo, 18 de julho de 2010

O Anel

Photobucket


Há muito tempo, numa cidade qualquer do interior, um jovem que vivia
desanimado dirigiu-se ao seu professor:

- Venho aqui, professor, porque me sinto tão pouca coisa que não tenho
forças para fazer nada. Me dizem que não sirvo para nada, que não faço nada
bem, que sou lerdo e muito idiota. Como posso melhorar? O que posso fazer
para que me valorizem mais?

O professor, sem olhá-lo, disse-lhe:

- Sinto muito, meu jovem, mas não posso ajudar. Devo primeiro resolver meu
próprio problema. Talvez depois.

E fazendo uma pausa, falou:

- Se você me ajudasse, eu poderia resolver este problema com mais rapidez e
depois talvez possa lhe ajudar.

- Claro, professor - gaguejou o jovem, logo se sentindo outra vez
desvalorizado e hesitou em ajudar seu professor.

O professor tirou um anel que usava no dedo mínimo e deu ao garoto, dizendo:

- Pegue o cavalo e vá até o mercado. Devo vender esse anel porque tenho de
pagar uma dívida. É preciso que você obtenha pelo anel o máximo possível,
mas não aceite menos que uma moeda de ouro. Vai e volta com a moeda o mais
rápido possível.

O jovem pegou o anel e partiu. Mal chegou ao mercado, começou a oferecer o
anel aos mercadores. Eles olhavam com algum interesse, até quando o jovem
dizia o quanto pretendia pelo anel.

Quando o jovem mencionava a moeda de ouro, alguns riam, outros saiam, sem ao
menos olhar para ele. Só um velhinho foi amável, a ponto de explicar que uma
moeda de ouro era muito valiosa para comprar um anel.

Tentando ajudar o jovem, chegaram a oferecer uma moeda de prata e uma xícara
de cobre, mas o jovem seguia as instruções de não aceitar menos que uma
moeda de ouro e recusava as ofertas.

Depois de oferecer a jóia a todos que passaram pelo mercado, abatido pelo
fracasso, montou no cavalo e voltou. O jovem desejou ter uma moeda de ouro
para que ele mesmo pudesse comprar o anel, assim livrando a preocupação de
seu professor e, assim, receber ajuda e conselhos.

Já na escola, diante de seu mestre, disse:

- Professor, sinto muito, mas é impossível conseguir o que me pediu. Talvez
pudesse conseguir duas ou três moedas de prata, mas não acho que se possa
enganar ninguém sobre o valor do anel.
- Importante o que disse, meu jovem... - o professor disse, sorridente -
Devemos saber primeiro o valor do anel. Pegue novamente o cavalo e vá até o
joalheiro. Quem poderia ser melhor para saber o valor exato do anel?
Diga-lhe que quer vender o anel e pergunte quanto ele lhe dá. Mas não
importa o quanto ele lhe ofereça, não o venda... Volte aqui com meu anel.

O jovem foi até o joalheiro e deu o anel para examinar. O joalheiro examinou
o anel com uma lupa, pesou o anel e disse:

- Diga ao seu professor, se ele quer vender agora, não posso dar mais que 58
moedas de ouro pelo anel.
- 58 MOEDAS DE OURO!!! - exclamou o jovem.
- Sim, replicou o joalheiro, eu sei que, com tempo, eu poderia oferecer
cerca de 70 moedas, mas se a venda é urgente...

O jovem correu emocionado à escola para contar o que ocorreu. Depois de
ouvir tudo que o jovem lhe contou, o professor disse:

- Você é como esse anel, uma jóia valiosa e única. E que só pode ser
avaliada por um "expert". Pensava que qualquer um podia descobrir seu
verdadeiro valor?

E, dizendo isso, voltou a colocar o anel no dedo.

Todos somos como esta jóia. Valiosos e únicos, andamos por todos os mercados
da vida, pretendendo que pessoas inexperientes nos valorizem. Porém ninguém,
além do Grande Joalheiro, sabe o nosso valor!
Autor Desconhecido.
Photobucket

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Parabéns Ariel!


Photobucket



Grandes sentimentos doces e pacíficos nos encorajam em dias como este para expressar e definir nossas melhores emoções,

E hoje é o seu dia cara amiga e são estas palavras que melhor definem uma amiga como você,

que você seja regida pela luz da lua e pelo brilho incessante do sol para te iluminar os caminhos e te proteger em tudo que for realizar,

que as marcas registradas de sua personalidade como o carisma,
consideração e amizade por todos,
seja sempre a característica principal em sua personalidade,

Seja feliz amiga, tenha muitas felicidades porque você merece, é uma grande amiga, uma pessoa que veio iluminar o mundo com sua suave e doce presença, trazendo alegria para somar forças e se tornar um grande exemplo.

Nós te admiramos e te desejamos de coração um grande e inesquecível aniversário.

Que sua vida inteira seja cercada pelos anjos de Deus a lhe apontar os melhores atalhos para suas conquistas e vitórias.

Nossa amizade é também o nosso maior orgulho e por isso neste dia tão cheio de alegria pedimos em oração pela sua vida tão preciosa para nós.


Felicidades Ariel.
Photobucket

segunda-feira, 12 de julho de 2010

É Loucura


Photobucket


É Loucura
Odiar todas as rosas
Porque uma te espetou...

Entregar todos os teus sonhos
Porque um deles não se realizou

Perder a fé em todas as orações
Porque numa não foste atendido

Desistir de todos os esforços
Porque um deles fracassou

Condenar todas as amizades
Porque uma te traiu...

Descrer de todo amor
Porque um deles te foi infiel.

Jogar fora todas as chances de ser feliz
Porque uma tentativa não deu certo.

Espero que na tua caminhada
Não cometa estas loucuras

Lembrando que sempre
Há uma outra chance...
Uma outra amizade
Um outro amor
Uma nova força

É só ser perseverante e
Procurar ser mais feliz a cada dia
A glória não consiste em
Jamais cair, mas sim de
Erguer-se toda vez que for necessário!

Cecilia Meireles
Photobucket

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Navegue

Photobucket


Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles
é lá.
Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la para a terra.
Curta o sol, se deixe acariciar por ele, mas lembre-se que o seu calor é
para todos.
Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu.
Não tente deter o vento, ele precisa correr por toda parte, ele tem pressa
de chegar sabe-se lá onde.
Não apare a chuva, ela quer cair e molhar muitos rostos, não pode molhar só
o seu.
As lágrimas? Não as seque, elas precisam correr na minha, na sua, em todas
as faces.
O sorriso! Esse você deve segurar, não deixe-o ir embora, agarre-o!
Quem você ama? Guarde dentro de um porta jóias, tranque, perca a chave!
Quem você ama é a maior jóia que você possui, a mais valiosa.
Não importa se a estação do ano muda, se o século vira e se o milênio é
outro, se a idade aumenta; conserve a vontade de viver, não se chega à
parte alguma sem ela.
Abra todas as janelas que encontrar e as portas também.
Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho.
Alimente sua alma com amor, cure suas feridas com carinho.
Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não
enlouqueça por elas.
Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for.
Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.
Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam.
Olhe para o lado, alguém precisa de você.
Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca.
Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.
Agonize de dor por um amigo, só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo
também.
Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura.
Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar
necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se achá-lo, segure-o!
"Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais é nada".
Fernando Pessoa.

Photobucket

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Meu Niver ........Aêeee!

"A frondosa Árvore da Amizade do blog Meu Pequeno Paraíso é permanentemente regada pelo carinho da FlaVinha, criadora e idealizadora do projeto e do espaço divertido e acolhedor." Miguxinha :)






Olha quem apareceu e comeu o nosso bolo...kkk




Agradeço de ♥ o carinho de todas vocêss

Obrigadaaa!!!

Photobucket

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Terapia do Elogio


Photobucket




“Renomados terapeutas que trabalham com famílias, divulgaram uma recente
pesquisa onde nota-se que os membros das famílias brasileiras estão cada
vez mais frios, não existe mais carinho, não valorizam mais as qualidades,
só se ouvem críticas.


As pessoas estão cada vez mais intolerantes e se desgastam valorizando os defeitos dos outros. Por isso, os relacionamentos de hoje não duram.

A ausência de elogio está cada vez mais presente nas famílias de média e
alta renda. Não vemos mais homens elogiando suas mulheres ou vice-versa,
não vemos chefes elogiando o trabalho de seus subordinados, não vemos mais pais e filhos se elogiando, amigos, etc.

Só vemos pessoas fúteis valorizando artistas, cantores, pessoas que usam a
imagem para ganhar dinheiro e que, por conseqüência são pessoas que tem a
obrigação de cuidar do corpo, do rosto.

Essa ausência de elogio tem afetado muito as famílias.

A falta de diálogo em seus lares, o excesso de orgulho impede que as pessoas digam o que sentem e levam essa carência para dentro dos consultórios.

Acabam com seus casamentos, acabam procurando em outras pessoas o que não conseguem dentro de casa. Vamos começar a valorizar nossas famílias, amigos, alunos, subordinados. Vamos elogiar o bom profissional, a boa atitude, a ética, a beleza de nossos maridos ou nossas mulheres, o comportamento de nossos filhos.

Vamos observar o que as pessoas gostam. O bom profissional gosta de ser reconhecido, o bom filho gosta de ser reconhecido, o bom pai ou a boa mãe gostam de ser reconhecidos, o bom amigo, a boa dona de casa, a mulher que se cuida, o homem que se cuida, enfim vivemos numa sociedade em que um precisa do outro, é impossível um homem viver sozinho, e os elogios são a motivação na vida de qualquer pessoa.

Quantas pessoas você poderá fazer feliz hoje elogiando de alguma forma?


Pense nisso!”
Arthur Nogueira (Psicólogo)

Photobucket


domingo, 4 de julho de 2010

Parabéns

Photobucket



Que a passagem do seu aniversário seja também o fortalecimento de suas convicções, para os objetivos que se fortalecem em seu coração.

Nós te queremos muito bem e te desejamos toda a paz e harmonia que você busca para encontrar a felicidade.

Que sua vida inteira seja cercada pelos anjos de Deus a lhe apontar os melhores atalhos para suas conquistas e vitórias.

Seja feliz amiga, tenha muita sorte porque você merece, é uma grande amiga, uma pessoa que veio iluminar o mundo com sua suave e doce presença, trazendo alegria para somar forças e se tornar um grande exemplo de vida.

Marta Te desejamos de coração um grande e inesquecível aniversário.

Parabéns!

Photobucket

quinta-feira, 1 de julho de 2010