domingo, 23 de novembro de 2014

Amor



Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é...Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!

Kim e Alison McMillen

domingo, 16 de novembro de 2014

domingo, 2 de novembro de 2014

Momentos




Há momentos de sorrir e de chorar.
Há momentos em nossas vidas que são inesquecíveis.
Há momentos em que não acreditamos na existência da felicidade e do amor.
Mas em certos momentos pessoas entram em nossas vidas e nos faz acreditar que desistir de nossos sonhos não vale a pena.
Há momentos que o coração não consegue se conter de alegria e bate forte ao estar do lado de quem te faz feliz.
Há momentos que não esquecemos jamais, como o encontro de alguém tão especial que de certa forma mudará a nossa vida.
Há momentos onde deixamos de lado o medo e vivemos o que o coração pede.
Há momentos que acreditamos mesmo que a esperança é a última que morre, pois encontramos pessoas que nos mostra o caminho que ela está trilhando.
Há momentos que para sempre ficarão em nossos corações, assim como o dia em que te encontrei no meu caminho.
Você com esse jeito de simples de ser.
Esse jeito de ser você mesmo, não se importando com os demais.
Você que é tão sincero, tão meigo, tão lindo...
Você que me faz sorrir mesmo não estando presente.
Você que a partir de um dia que já estava escrito, não sai mais dos meus pensamentos.
Você que em tão pouco tempo mudou a história.
Não há nada a fazer, apenas viver o momento de agora, o momento em que nossos corações pulsam no mesmo compasso da canção, a qual a letra somente nós dois sabemos.
Você é mais que especial...porque???...
Se eu encontrasse nos mais lindos poemas palavras para lhe dizer, eu lhe diria...
Mas neste momento apenas lhe digo...
Você não sai dos meus pensamentos e a sensação que sinto ao lhe ver, não tem definição.
Simplesmente algo dentro de mim me faz ver seu olhar, seu sorriso todas as vezes que fecho meus olhos.
Algo dentro do meu peito bate forte por você.

Quézia Alves Duarte